Cerveja, Destaque

Do que depende o futuro da cerveja artesanal

Fundador da inovadora cervejaria Elysian, Cantwell é um dos cabeças da chamada revolução cervejeira americana (Foto: Divulgação)

Fundador da inovadora cervejaria Elysian, Cantwell é um dos cabeças da chamada revolução cervejeira americana (Foto: Divulgação)

A resposta está em vídeo de Dick Cantwell, embaixador da Brewers Association

Parece óbvio, mas na prática nem tanto: o futuro da cerveja artesanal depende da qualidade. É o que Dick Cantwell reforça em um vídeo, distribuído pela Brewers Association (BA) neste último dia de maio. É uma versão condensada da apresentação Cantwell − que desempenha a função de "Embaixador da Qualidade" da associação das cervejarias americanas − e de uma entrevista por ele concedida durante o New England Craft Brew Summit 2016. (qualidade é um dos 7 pontos destacados também na reportagem de capa da Beer Art de abril)

Cantwell é um dos cabeças da chamada revolução cervejeira americana. É o autor do guia da Brewers Association Starting Your Own Brewery e acaba de escrever, com Peter Bouckaert, Wood & Beer: A Brewer’s Guide. Como mestre-cervejeiro e presidente da Elysian Brewing Company, Dick liderou por duas décadas uma das mais inovadoras e influentes cervejarias nos EUA, até a empresa ser comprada pelo grupo AB InBev, no início de 2015.

Como embaixador da Qualidade na BA, Cantwell incentiva cervejeiros artesanais a de forma colaborativa defenderem a reputação de cerveja artesanal. Procura orientar o desenvolvimento de programas de qualidade a preços acessíveis e alertar para as responsabilidades de um membro da comunidade de cerveja artesanal. Como ele demonstra no vídeo, as cervejarias artesanais têm o desafio de melhor continuamente suas operações e, atentas ao controle de qualidade, fazerem a melhor cerveja possível.


Confira o vídeo distribuído pela Brewers Association (em inglês):