Clubes cervejeiros

Wbeer leva 5 sócios do clube no Beer Train da Bodebrown

Sorteados e acompanhantes terão passagens aéreas, hospedagem, refeições e tour na cervejaria

Passeio em um trem open bar percorre a Mata Atlântica, até chegar à cidade de Morretes (Foto: Divulgação)

Passeio em um trem open bar percorre a Mata Atlântica, até chegar à cidade de Morretes (Foto: Divulgação)

Para comemorar o primeiro aniversário do clube de assinaturas, a Wbeer.com.br faz uma promoção com o Beer Train, da cervejaria curitibana Bodebrown. Cinco sócios serão sorteados, podendo cada um levar um acompanhante, e ganharão passagens aéreas, hospedagem, alimentação e uma visita sensorial à Bodebrown, além da participação na 17ª edição do Beer Train, um trem open bar de cervejas artesanais que percorre a Mata Atlântica no Paraná.

O evento, criado pela Bodebrown, é uma degustação sobre trilhos que conta com bebidas de produções artesanais locais, nacionais e importadas, harmonizadas com pães e queijos. Tudo isso em um passeio que começa na estação ferroviária de Curitiba e percorre 110 quilômetros pela Mata Atlântica, até chegar à cidade de Morretes, no Paraná, para um almoço de confraternização entre os participantes.

Para quem quer curtir o fim de semana cervejeiro com a Wbeer.com.br, é preciso ser um sócio ativo do clube e responder à pergunta: "Qual clube cervejeiro leva você para o Beer Train em Curitiba?", presente no hotsite disponível para quem comprar a WbeerBox Bodebrown a partir dessa semana até o dia 17 de outubro. No dia 18 de outubro, a Wbeer.com.br irá anunciar os cinco ganhadores que embarcarão nessa experiência.

Gustavo Daher, gerente de marketing da Wbeer.com.br, conta:

"Temos muito orgulho de darmos acesso a experiências cervejeiras para nossos sócios todos os meses, por meio do nosso clube e da revista mensal da Wbeer.com.br. Por isso, nada melhor do que brindarmos o primeiro ano do clube com uma experiência cervejeira ao lado de quem está com a gente."

A Bodebrown

Fundada em 2009 pelos pernambucanos Samuel Cavalcanti e pela paranaense Andrea Cordeiro Pinto, a Bodebrown é a primeira cervejaria escola do país. O nome Bodebrown nasceu de uma homenagem às raízes da família de Samuel, que por gerações criou bodes no interior de Pernambuco.

Samuel estudou química industrial e se apaixonou, no terceiro ano de faculdade, por microbiologia das bebidas - em especial a da cerveja. O trabalho de conclusão de curso foi a criação de uma fábrica de cerveja. Fez seu primeiro curso de produção de chope. Ganhou então dois livros: um sobre como fazer bomba atômica e outro com o título a Bíblia do Cervejeiro. Acabou escolhendo o segundo. Em seguida, realizou cursos em Berlim (no Instituto de Pesquisa e Treinamento de Cervejaria) e em Chicago (Instituto de Tecnologia Siebel), sobre cervejas artesanais.

Andréa, natural de Curitiba, estudou Administração e se especializou em Gestão de Novos Negócios. Concluiu o curso em 2004, com o tema Microcervejaria. Em 2009, com a cerveja Wee Heavy, a Bodebrown inaugurou sua produção. Em seguida abriu a escola de cervejaria, que funciona em anexo, e a loja de insumos, se configurando também como um centro de conhecimento e de propagação da cultura da cerveja no país.