Festas

Como fica o trânsito em Petrópolis durante a Bauernfest

Confira o mapa com caminhos alternativos durante a Festa do Colono Alemão

mapa-de-petropolis

Para a Bauernfest, que se inicia nesta sexta-feira, 23 de junho, e se estende até 2 de julho em Petrópolis (RJ), o trânsito na cidade da Serra Fluminense sofre alterações. A interdição da Rua Alfredo Pachá para veículos começa nesta sexta às 10h. Até o dia 2 de julho, a rua em frente ao Palácio de Cristal interrompe o fluxo durante quase todo o dia para dar lugar às barraquinhas que compõem a festa. As alterações nesses locais vão até as 4h, quando o fluxo de veículos é liberado para carros de pequeno porte até as 10h. Confira aqui o especial com tudo o que você precisa saber sobre a Bauernfest 2017. (Para conferir mais opções de eventos, com agenda atualizada, consulte o roteiro da Beer Art)

Com a expectativa de 320 mil pessoas se dirigindo à festa em seus 10 dias, a Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes (CPTrans) está instruindo aos petropolitanos rotas alternativas para diminuir o impacto sobre as ruas do Centro Histórico, aumentando a fluidez para quem não tiver a festa como destino final e melhorando a mobilidade no trânsito.

Uma dessas alternativas se dá no trecho entre Itaipava e o Bingen, que além da BR-040 tem a opção de passagem subindo o Quarteirão Brasileiro, saindo na Mosela. A opção se dá para quem precisa fazer o caminho contrário. Alternativa entre o Bingen e o Quitandinha, evitando o Centro, é a passagem pelo Vila Militar, chegando no Valparaíso. Outra opção de passagem para o Valparaíso é a utilização da Comunidade Oswaldo Cruz – que dá acesso ao Cemitério Municipal. Entre o Itamarati e o Quitandinha, a rota alternativa é o Alto da Serra, pela Rua Santos Dumont.

O diretor-presidente da CPTrans, Maurinho Branco, explica:

“Com a grande expectativa de público nos dias de festa, quem não for para o evento tem outras opções de trajetos para evitar as ruas do Centro e possíveis engarrafamentos. Estamos montando um esquema de trânsito com a nossa equipe para diminuir da melhor forma possível o trânsito na cidade. Mas, a exemplo de todos os grandes eventos, promovidos não só em Petrópolis, mas em todo o país, sabemos que é uma tarefa complicada.”

Por conta do grande fluxo de veículos que estará na cidade, a Alfredo Pachá também ficará aberta entre 4h e 10h, quando os veículos de pequeno porte estarão autorizados e passar pela via. A medida foi adotada porque, principalmente nos dias de semana, o número de veículos que passam pela rua é grande.