Como fica o trânsito em Petrópolis durante a Bauernfest

CPTrans prepara esquema especial para a Festa do Colono Alemão

bauernfest-transito.jpg

Um esquema de trânsito ainda mais detalhado foi elaborado pela CPTrans para garantir aos petropolitanos e turistas a mobilidade nos 10 dias da Bauernfest. Com previsão de público superior às 320 mil pessoas que passaram pelo Palácio de Cristal e arredores no ano passado, a meta da companhia é tornar o trânsito ainda mais fluído e facilitar o acesso ao transporte do público do evento. A interdição da Alfredo Pachá, em frente ao Palácio de Cristal, principal palco da festa que ocorre de 22 de junho a 1º de julho, começou no domingo (17 de junho) para a montagem do evento na rua.

Também no domingo a Padre Siqueira teve a mão invertida – mudança aplicada na última edição do evento e que facilitou a chegada e saída da festa, melhorando o fluxo de veículos em toda a cidade. Essa alteração muda o trajeto principalmente de quem segue dos distritos e tem como destino a área do Bingen, por exemplo. Há, ainda, o fechamento das ruas Walter Bretz, na Piabanha, e a Domingos de Souza Bastos, na 13 de Maio.

A Bauernfest é um evento consolidado e que leva a Petrópolis milhares de turistas todos os anos. A previsão é ter ainda mais gente que o ano passado, quando a cidade quebrou o recorde de público com 320 mil pessoas visitando a festa. E para ter uma experiência completa, seus acessos têm que ser facilitados, o trânsito precisa ser fluido. No ano passado, o município teve um excelente resultado com as mudanças realizadas pela Companhia e este ano quer aprimorar ainda mais esses serviços.

Para este ano, as alterações incluem a colocação de mão única em um trecho de 200 metros da Montecaseros, entre o Colégio Santa Catarina e o Gehren – os veículos só poderão seguir no sentido bairro. Também na Montecaseros, a CPTrans vai proibir a conversão à esquerda para quem sai da Fabrício de Mattos com a intenção de melhorar a fluidez de veículos na área. Todas as alterações viárias já foram passadas ao aplicativo de celular Waze, que poderá ser um grande aliado dos motoristas petropolitanos ou turistas para os dias da festa. O App está disponível em todas as plataformas na loja on-line de cada sistema operacional.

O diretor-presidente da CPTrans, Jairo Cunha, explica:

“O planejamento da Bauern inclui uma série de alterações, mas existem vários fatores que podem, no dia a dia, fazer com que nossas equipes façam mudanças inesperadas. É uma parte operacional que só pode ser mensurada no dia a dia da festa, como uma possível interdição de via em alguns momentos, por exemplo. Nossas equipes se preparam realizando, inclusive, um simulado envolvendo forças de segurança e socorro em horário de pico, mapeando as rotas e o tempo estimado para chegar até uma unidade de saúde.”

A CPTrans já solicitou às operadoras que atuam em áreas próximas à festa o reforço na operação. Serão, pelo menos, 15% de veículos a mais que estarão identificados com “via Bauernfest” e que passarão nas proximidades do burgo alemão, no Palácio de Cristal. A companhia também vai monitorar a demanda e pedir, caso necessário, reforço na operação aumentando a quantidade de veículos com destino à festa para a Expresso e Turb. Os veículos sairão, principalmente, do Terminal Rodoviário Leonel Brizola, no Bingen.

Haverá reforço, ainda, nos horários da madrugada. Os “corujões” irão aumentar a oferta de veículos nos dias de festa, principalmente aos fins de semana. A intenção é atender, principalmente, o petropolitano que trabalha na festa, facilitando sua chegada em casa após o serviço. A companhia também orienta que o público faça o download do aplicativo Vá de Ônibus, disponível para Android e iOS. Pela plataforma é possível saber o ponto de ônibus mais próximo e onde está a linha que o usuário precisa. O serviço gratuito também pode ser consultado pelo www.vadeonibus.com.br.

Mais de 1,6 mil vagas de estacionamento

Durante os dias de festa o município terá algumas áreas extras destinadas ao estacionamento rotativo: a Avenida Koeler, no sentido bairro, que funciona como estacionamento rotativo apenas aos sábados, poderá ser utilizado todos dias de festa. Outro ponto, que irá funcionar em alguns dias e horários, é a Barão do Rio Branco, sentido distritos. A parada poderá ser realizada aos sábados e domingos e no feriado pelo Dia do Colono (29 de junho), de 8h às 22h. São mais de 1.600 vagas para utilização de petropolitanos e turistas.

O horário do estacionamento rotativo também será ampliado a fim de evitar a cobrança irregular por flanelinhas em áreas não autorizadas de estacionamento. Apenas no entorno da festa, o horário da cobrança será iniciado a partir das 8h sendo possível utilizar a vaga durante todo o dia, até 22h, pagando o preço da área utilizada (branca R$ 2,50 a hora e azul R$ 3,50 a hora).

Os locais que funcionarão neste sistema são: Rua da Imperatriz, Pátio da Catedral, ambos os sentidos da Avenida Koeler, Raul de Leoni, Irmãos D’Angelo, Nelson de Sá Earp, Miguel Deister, os dois sentidos da Roberto Silveira e os dois da Presidente Kennedy, 7 de Abril, Montecaseros, Frei Rogério e Francisco Manoel. Haverá, ainda, de segunda a sexta, vagas na Avenida Tiradentes e a possibilidade de utilização da área em frente ao Relógio das Flores.

o diretor técnico e operacional da CPTrans, Luciano Moreira, destaca:

“Aumentando os locais de para estacionamento de veículos leves também diminuímos a possibilidade de que carros estacionem em locais proibidos – um dos principais vilões do trânsito durante a Bauernfest. Então, para evitar dores de cabeça, a orientação é parar em locais regulamentados ou usar o transporte regulado como ônibus ou vans. Além disso, não dá para misturar direção e bebida, por isso, quem pretende beber deve já pensar na carona ou combinar com os amigos e familiares o motorista da rodada. É uma forma de todos se divertirem de maneira saudável. Além disso, também disponibilizamos pontos de encontro onde terão controladores de trânsito para auxiliar no pagamento do estacionamento rotativo ou possível regulamentação. Eles estarão próximo à fábrica da Bohemia, na Praça da Liberdade e Praça da Águia, mas a regulamentação pode ser feita de diversas outras formas.”

Os parquímetros, equipamento utilizado para o pagamento do rotativo e regularização do serviço, estarão abertos no entorno dos locais da festa em todo o momento. O pagamento pode ser feito com cartão de crédito ou moedas, mas a opção mais fácil é a utilização do aplicativo DigiPare, disponível em todas as plataformas, onde é possível fazer a recarga com cartão de crédito. O motorista também pode optar pelos canais virtuais, como internet (www.estarpetropolis.com.br), central de atendimento por telefone (0800 941 3444) ou ainda SMS (27317). Controladores também estarão identificados e podem realizar a recarga de qualquer lugar.

Para quem quiser ainda mais comodidade, o serviço de valet realizado no ano passado também será oferecido nesta edição, no pátio da prefeitura, na Avenida Koeler. Com preço fixado de R$ 35 o motorista pode deixar o carro na sexta (22 de junho), de 18h a meia noite; no sábado (23), de 9h a meia noite e, no domingo (24), de 9 às 22h. Não haverá operação na segunda, terça e quarta-feira, retornando apenas na quinta-feira (28), véspera do feriado pelo Dia do Colono, de 18h a meia noite. Já no feriado o funcionamento acontece de 9h a meia noitee, no domingo, de 9 às 22h.

O estacionamento fechado da Rua do Imperador irá funcionar com horário ampliado no feriado do Dia do Colono e aos domingos de 8h às 22h. Nos demais dias mantém o funcionamento normalmente.

Com a previsão de receber mais de 450 ônibus de turismo durante o período da Bauernfest, a CPTrans este ano aumentou em três vezes a área de embarque e desembarque destinada aos veículos que trarão os visitantes para curtirem a festa, incluindo as vans. Para os fins de semana, quando o fluxo de turistas é maior, o Centro Histórico vai contar com três faixas exclusivas totalizando mais de um quilômetro de extensão. No ano passado, foram 320 metros.

O estacionamento em frente ao Relógio das Flores vai funcionar como uma das áreas exclusivas de embarque e desembarque, de segunda a sexta-feira, para substituir as vagas da Praça 14 Bis que estarão ocupadas com a festa. O espaço terá prioridade para os guias locais. A novidade nesta edição fica por conta da Avenida Tirantes, em frente à Catedral São Pedro de Alcântara, que também terá faixas exclusivas, mas apenas nos sábados e nos domingos. O terceiro ponto é a Rua Montecaseros, no trecho entre o colégio Santa Catarina e a Choperia Gehren, que funcionará em mão única para atender os ônibus de turismo. A área vai ficar disponível inclusive durante a semana. As três áreas com faixas exclusivas vão contar com agentes da CPTrans orientando os visitantes.

Após desembarcar, no entanto, os motoristas serão orientados para seguir para o entorno do Palácio Quitandinha, Rua Bingen ou nas garagens da Cidade Real e Petro Ita. A CPTrans terá equipes em contato constante com esses pontos para saber sua capacidade e orientar os motoristas para onde devem seguir e estacionar tranquilamente.

O embarque também será feito nos mesmos locais de desembarque, mas a CPTrans está preparada para acionar medidas contingenciadas usando outros espaços, de acordo com a necessidade apresentada a cada dia da festa. Na hora de ir embora, a companhia orienta a utilização do Bingen, além da área do Quitandinha – utilizado principalmente por quem chega à Cidade Imperial por um dos mais belos cenários que a cidade tem a oferecer.

A companhia vai orientar, ainda, que os motoristas que estão acostumados a parar na Rua Teresa, evitem usar o Polo de Modas como estacionamento, uma vez que o mesmo é destinado para área de embarque e desembarque para grupos que sobem à Serra com a intenção de fazer compras no local.

Utilização de táxi é incentivada

Uma das alternativas para a chegada e saída da festa é a utilização dos táxis do município. A cidade conta com uma frota de 536 veículos, inclusive com carros adaptados, que podem ser solicitados, inclusive, pelo celular por meio do aplicativo Táxi Net Petrópolis (para celulares com Android) e Táxi Cidade (para aparelhos Apple). Próximo ao Palácio de Cristal, os principais pontos de táxi ficam no Alfredo Pachá, no início da via, na Piabanha e Montecaseros.

Vias alternativas

Com o número elevado de gente na cidade nos dias festa, a CPTrans também orienta quem não tem a Festa do Colono Alemão como destino, a utilização de rotas alternativas, diminuindo o impacto sobre as ruas do Centro Histórico, aumentando a fluidez para quem não tiver a festa como objetivo e melhorando a mobilidade no trânsito.

Uma dessas alternativas se dá no trecho entre Itaipava e o Bingen, que além da BR-040 tem a opção de passagem subindo o Quarteirão Brasileiro, saindo na Mosela. A opção se dá também para quem precisa fazer o caminho contrário. Alternativa entre o Bingen e o Quitandinha, evitando o Centro, é a passagem pelo Vila Militar, chegando no Valparaíso. Outra opção de passagem para o Valparaíso é a utilização da Comunidade Oswaldo Cruz – que dá acesso ao Cemitério Municipal. Entre o Itamarati e o Quitandinha, a rota alternativa é o Alto da Serra, pela Rua Santos Dumont.