Festas

A rainha e as princesas da Bauernfest 2017

Realeza estreia na festa germânica que ocorre de 23 de junho a 2 de julho em Petrópolis/RJ

Ao centro, a rainha Larissa Soares Graebner Prouvot, entre a primeira princesa Ana Beatriz Zillig Klippel (E) e a segunda princesa Tânia Leonardis Mello (Foto: Marcello Santos/Divulgação)

Ao centro, a rainha Larissa Soares Graebner Prouvot, entre a primeira princesa Ana Beatriz Zillig Klippel (E) e a segunda princesa Tânia Leonardis Mello (Foto: Marcello Santos/Divulgação)

Chamada de Cidade Imperial e ao mesmo tempo sede de uma das maiores festas alemãs do Brasil, Petrópolis (RJ) tem a sua realeza. Ela é formada pela rainha e pelas princesas da Bauernfest, que realiza a sua 28ª edição de 23 de junho a 2 de julho. A eleição das soberanas ocorreu no sábado, 17, com direito a torcida organizada das famílias e amigos. Confira aqui o especial com tudo o que você precisa saber sobre a Bauernfest 2017.

A rainha Larissa Soares Graebner Prouvot, a primeira princesa Ana Beatriz Zillig Klippel e a segunda princesa Tânia Leonardis Mello conquistaram os jurados e público no concurso realizado no Petropolitano F. C. A rainha e as princesas assumem o novo mandato por um ano divulgando não apenas a principal festa da cidade mas também o município de Petrópolis em todos os eventos de que participarem.

Durante o concurso, as candidatas foram avaliadas nos quesitos beleza, simpatia, traje, apresentação e ainda responderam a perguntas de conhecimento da cultura germânica dos nossos colonizadores. Confira a seguir as repercussões:

As repercussões

O prefeito Bernardo Rossi:

“Elas representam várias gerações que recontam essa história não apenas durante a Bauernfest, mas em todos os lugares nos quais elas irão posteriormente representando nossa Petrópolis, suas belezas e encantos.”

A rainha eleita, Larissa Soares Graebner Prouvot, integrante do grupo Kaiserstadt Kulturkreis que ganhou na primeira vez que concorreu:

“Vou continuar divulgando a nossa cidade e a festa, como já faço com a dança folclórica, só que agora atingindo um público ainda maior. Continuarei divulgando a nossa cultura e a importância dessa festa para a cultura de Petrópolis.”

A Primeira Princesa Ana Beatriz Zillig Klippel, de 19 anos, integrante do Rheinland Pfalz:

“Sempre esperei por isso, ainda mais pela forte presença da cultura alemã na minha família”

A segunda Princesa, Tânia Leonardis Mello, 20 anos, que já ocupou o título de primeira Princesa em 2015 e também integra um dos grupos, o Bauerngruppe Danças Folclóricas Alemãs de Petrópolis:

“É muito bom receber o carinho de todo mundo nesse momento e durante a festa. É muito importante representar a cultura germânica da nossa cidade.”

O diretor-presidente do Instituto Municipal de Cultura e Esportes, Leonardo Randolfo, que operacionaliza o evento com a TurisPetro:

“Estamos organizando o evento respeitando a cultura germânica e a história da nossa cidade. E contamos com a ajuda de vocês: nossa realeza, de seus familiares e grupos folclóricos que mais sabem sobre a nossa história. E com Clube 29 de Junho, tendo a frente Emygdia, que mantém acesa a chama da cultura germânica na nossa cidade e que toca a festa.”

O secretário Marcelo Valente:

“A Rainha e as Princesas são personagens tradicionais na Festa do Colono Alemão e uma atração que conquista os moradores, que enxergam ali um representante das nossas origens, e ainda mais os turistas que se encantam com a graciosidade da realeza.”