Venezuelana Polar deve retomar a produção nos próximos dias

Em nota, a cervejaria confirmou a chegada da matéria-prima ao porto venezuelano

Há vários meses a indústria da cerveja na Venezuela vem alertando sobre as dificuldades de importar insumos em virtude de atrasos do governo para liquidar dívidas (Foto: Divulgação)

Há vários meses a indústria da cerveja na Venezuela vem alertando sobre as dificuldades de importar insumos em virtude de atrasos do governo para liquidar dívidas (Foto: Divulgação)

Com a produção parada há 10 dias, em virtude da falta de matéria-prima, a cervejaria venezuelana Polar divulgou nota, nesta terça-feira (11/8), informando que prentende retomar a fabricação nos próximos dias. Segundo o comunicado, publicado no jornal El Nacional(veja aqui), os insumos chegaram ao porto venezuelano e a empresa só aguarda a liberação.

Na informação, que não precisa a quantidade de matéria-prima recebida, a Polar agradeceu a compreensão dos clientes e consumidores frente a essa situação qualificada como de "força maior" que os impediu de cumprir seus compromissos comerciais.

Há vários meses a indústria da cerveja na Venezuela vem alertando sobre as dificuldades de importar insumos em virtude de atrasos do governo para liquidar dívidas com fornecedores estrangeiros. Segundo o presidente da Federação Nacional de Trabalhadores da Indústria da Bebida, Pablo Castro a dívida de US$ 270 milhões impede que sejam abertas linhas de crédito para adquirir uma quantidade maior de matéria-prima.