Produção de cerveja cai 4% no primeiro trimestre de 2015

Números da CervBrasil, que congrega a grande indústria, ressaltam o cenário desafiador

Variação da produção de cerveja sobre o mesmo mês do ano anterior (Gráfico: Sicobe/CervBrasil)

Variação da produção de cerveja sobre o mesmo mês do ano anterior (Gráfico: Sicobe/CervBrasil)

A produção nacional de cerveja teve queda de 4% no primeiro trimestre de 2015 em relação ao mesmo período de 2014. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (10/4) pela CervBrasil, entidade composta pelas quatro maiores fabricantes no país – Ambev, Brasil Kirin, Grupo Petrópolis e Heineken Brasil –, que respondem por cerca de 96% do mercado. Em comparação aos três últimos meses de 2014 houve alta de 4,3%.

Gráfico: Sicobe/CervBrasil

Gráfico: Sicobe/CervBrasil

Os resultados desse primeiro semestre confirmam um cenário desafiador para setor cervejeiro neste ano em que começará a vigorar o novo sistema tributário para bebidas frias (a partir de 1° de maio). Em nota, o Diretor Executivo da CervBrasil, Paulo Petroni afirma que a queda no primeiro trimestre mostra não somente um "ajuste de realidade" após o ano da Copa do Mundo, como também os reflexos das dificuldades econômicas que o país atravessa.

Também segundo os dados divulgados, foram produzidos 3,54 bilhões de litros de cerveja no Brasil nos três primeiros meses do ano. Em março a produção totalizou 1,11 bilhão de litros, representando um decréscimo de 1,8% em relação a fevereiro e 7% em relação a março de 2014.