Cerveja

Skol Ultra tem comercial reprovado pelo Conar

Decisão unânime do Conselho de Ética condenou associação de cerveja à prática de esportes

Propaganda associa a Skol Ultra a "atletas não oficiais" (Foto: Reprodução)

Propaganda associa a Skol Ultra a "atletas não oficiais" (Foto: Reprodução)

Depois de um mês no ar com o mote de "A cerveja oficial dos atletas não oficiais", o comercial da Skol Ultra acabou sendo reprovado pelo Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar). O Conselho de Ética, reunido na quinta-feira, 12, em sua sede, em São Paulo, condenou por unanimidade a associação da cerveja com a prática de esportes. A Ambev não comentou a decisão, nem confirmou se vai recorrer dela.

Conforme a Ambev, a Skol Ultra tem menos calorias e carboidratos (99 Kcal em 310 ml), é puro malte, leve, com 4,2% de teor alcoólico, e mantém as características de aroma e sabor de Skol. Chegou ao mercado com o objetivo de seduzir "os atletas não oficiais".

A campanha que marcou a chegada oficial do produto estreou em 12 de setembro, em rede nacional. Embalado pela trilha sonora Feeling Good, eternizada na voz de Nina Simone, o filme retrata o dia a dia dos atletas informais que encontram tempo para encaixar suas atividades físicas no meio de compromissos com trabalho, família e amigos. Com a assinatura “Chegou Skol Ultra. Menos carboidratos, menos calorias. Cerveja oficial dos atletas não oficiais”, a produção é assinada pela agência Wieden + Kennedy.