Cerveja

Como ficou o ranking das cervejas premiadas

Confira os prêmios atualizados, com as 3 medalhas do European Beer Star e as 31 do WBA

Um dos prêmios mais importantes do mundo cervejeiro, o European Beer Star concedeu, nesta quarta-feira, 11, medalha de ouro para 3 cervejas brasileiras (Foto: Divulgação)

Um dos prêmios mais importantes do mundo cervejeiro, o European Beer Star concedeu, nesta quarta-feira, 11, medalha de ouro para 3 cervejas brasileiras (Foto: Divulgação)

Com as medalhas de ouro no European Beer Star e no World Beer Awards, a Bamberg Altbier é a cerveja que mais avançou de posição no ranking da Beer Art. No total, os dois concursos renderam medalhas para 33 cervejas brasileiras, das quais 9 são rótulos estreantes no ranking (clique no link para conferir a ficha com as características): Abáris Schwarz (ouro na EBS), ICI Celebris, Caá-Yari (ouro na WBA/categoria Américas), Prima Pode (ouro no WBA/etapa Brasil), Búzios Brava (prata no WBA/etapa Brasil), BadAss, Bergamosh, Fio Terra e Saison d'Alliance (bronze no WBA/etapa Brasil).

As 34 medalhas são divididas por 10 cervejarias:

Wäls (8), Urbana (7), Bamberg (6), Búzios (3), Dama (3), Bierland (2, com destaque para a Bieland Bock, ouro no European Beer Star), Bohemia (2), Abáris (1), Germânia (1) e Brahma (1).

O ranking da Beer Art serviu de base para o livro das Cervejas Premiadas Brasileiras, lançado no início de outubro. A obra reúne 455 cervejas, que dividem 1.035 medalhas entre todas as edições dos 12 concursos cervejeiros nacionais, continentais e internacionais mais relevantes realizados até agosto de 2015. As 34 medalhas conquistadas no European Beer Star (3) e no World Beer Awards (31) - concursos posteriores à edição do livro - estão atualizadas na versão online do ranking, que além da pontuação traz as fichas da cerveja. Para conferir, basta acessar este link http://revistabeerart.com/cervejas.