Cerveja

Holy Cow #2 chega ao mercado mais lupulada que a primeira

A cerveja é resultado da colaboração entre a Seasons e a Green Flash Brewing Co.

A cerveja foi produzida com um mix de 4 variedades de lúpulos no processo de fabricação (Foto: Divulgação)

A cerveja foi produzida com um mix de 4 variedades de lúpulos no processo de fabricação (Foto: Divulgação)

O segundo lançamento da cervejaria Seasons, de Porto Alegre (RS), em 2015, chega ao mercado em fevereiro. Trata-se da Holy Cow #2, uma nova versão da colaborativa produzida com Cervejaria Green Flash Brewing Co., de San Diego, CA.. Essa edição vem ainda mais lupulada que a primeira Holy Cow, com um novo mix de 4 variedades de lúpulos na receita.

"Estamos literalmente testando os limites de quão lupulada uma cerveja pode ser, mantendo o drinkability agradável. No caso da Holy Cow #2 são 85 IBUs. Comparados aos 82 da primeira edição, parece pouco, mas nota-se bastante diferença no sabor", destaca Leonardo Sewald, proprietário da cervejaria.

Na Holly Cow #2 o lúpulo Centennial deu lugar ao Galaxy, Chinook e Amarillo. O Columbus, que contribui com um cítrico intenso, foi mantido. O duplo dry hopping recebeu uma grande quantidade de Galaxy e Amarillo.

"Cada lúpulo tem a função de preencher uma parcela do espectro de aromas e flavors que uma IPA pode ter. No dry hopping aumentamos a intensidade com uma quantidade superior a qualquer outra cerveja que já fizemos", descreve Leonardo.