Cervejaria

Carlsberg vai desenvolver garrafa com fibra de madeira

A parceria para o projeto foi anunciada no Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça

A Green Fiber Bottle está sendo desenvolvida em colaboração com ecoXpac e especialistas da Universidade Técnica da Dinamarca (Foto: Divulgação)

A Green Fiber Bottle está sendo desenvolvida em colaboração com ecoXpac e especialistas da Universidade Técnica da Dinamarca (Foto: Divulgação)

A dinamarquesa Carlsberg anunciou que vai desenvolver uma garrafa de cerveja totalmente biodegradável. A “Green Fiber Bottle” será produzida a partir de fibra de madeira de origem sustentável ou de papel de celulose. Para o projeto, a Carlsberg trabalhará junto à empresa ecoXpac, ao Fundo de Inovação da Dinamarca, e a Universidade Técnica da Dinamarca. A parceria foi anunciada durante Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça. A previsão é que o produto chegue ao mercado em três anos.

Todos os materiais utilizados na garrafa, incluindo a tampa, serão desenvolvidos utilizando materiais de base biológica e biodegradáveis, principalmente de fontes sustentáveis de madeira-fibras permitindo que a garrafa se decomponha responsavelmente.

O projeto está orçado em 10 milhões de coroas dinamarquesas, aproximadamente U$ 1,5 milhões (Foto: Divulgação)

O projeto está orçado em 10 milhões de coroas dinamarquesas, aproximadamente U$ 1,5 milhões (Foto: Divulgação)

Andraea Dawson-Shepherd, vice-presidente sênior de Assuntos Corporativos da marca, comentou o anúncio afirmando que se o projeto se concretizar como o esperado representará uma mudança radical nas opções de embalagem para líquidos. “Na Carlsberg acreditamos na importância de uma economia circular que assegure o crescimento sustentável. O anúncio de hoje (22/1) é uma excelente notícia. Se o projeto se concretizar como pensamos, será mais um importante passo em nossa jornada rumo a uma economia de resíduos zero ", destacou.

De acordo com informações da Carlsberg Group, o projeto está orçado em 10 milhões de coroas dinamarquesas (U$ 1,5 milhões), uma parte significativa financiado pelo Fundo de Inovação da Dinamarca.

A Carlsberg é um dos maiores grupos cervejeiros do mundo, proprietária de 500 marcas de cerveja, incluindo sua principal marca, Kronenbourg, Elefante, Tuborg e Baltika. Em 2013, vendeu um total de 36 bilhões de garrafas de cerveja em 150 mercados em todo o mundo. De acordo com o mais recente relatório anual, a embalagem é responsável por aproximadamente 45% das emissões de CO2 do grupo.

Clique aqui para ler a matéria na fonte original (em inglês).