BeerArt

O mapa das Acervas é a capa da Beer Art de julho

Disponível na App Store e no Google Play

Disponível na App Store e no Google Play

Confira os destaques da edição 8, que pode ser baixada gratuitamente em smartphone e tablet

Ao fazer uma jornada pelas acervas de todas as regiões, a Beer Art de julho produz um retrato do desenvolvimento da cerveja artesanal no Brasil. Se você já tem o aplicativo, pode baixar a edição 8 da Beer Art gratuitamente na banca. Se você ainda não baixou gratuitamente o aplicativo, entre nos links ao pé deste texto. Confira alguns dos destaques desta edição:

  • O MAPA DAS ACERVAS. Cada vez com mais seguidores, as associações de cervejeiros espalhadas pelo país ampliam sua atuação, dialogam com o poder público para estimular o mercado e ajudam na profissionalização de quem pensa em converter o hobby em meio de vida. Veja os contatos em 15 Estados e no DF - Por Fábio Schaffner

 

 

 

 

  • TECNOLOGIA. Na estreia da seção, uma engenhoca de interesse de cervejeiros caseiros. Com o nome de BeerBug, serve para fornecer dados periódicos sobre a fermentação - Por Sarah Buogo

 

 

 

 

 

  • CluBeer. No Espaço CluBeer, você encontra as fichas dos seis rótulos de julho, além de textos mais aprofundados, com a trajetória de cada cervejaria. As atrações do mês: as nacionais Júpiter Tânger e Providência Dunkel, as internacionais Hitachino Nest White Ale e Flensburger Winterbock e as Super Premium Jandrain Wheat e Jandrain V Cense. No site da revista, você tem acesso às fichas das edições anteriores: http://revistabeerart.com/clubeer/

 

 

 

 

 

 

  • DAS BIER. Cervejaria com respeito pelas origens, a Das Bier também é aberta a experimentações. Saiba mais dessa cervejaria de Gaspar (SC) na seção A Fonte. No site da revista (no link http://revistabeerart.com/lista ), leia as reportagens das cervejarias destacadas na edições anteriores. - Texto de Altair Nobre e fotos de Ricardo Jaeger

 

 

BeerArt8
BeerArt8
BeerArt8