As cervejas do CluBeer em maio

CluBeer/Maio

Neste espaço, também disponível na edição da revista BeerArt de maio em tablet e smartphone, confira as cervejas que o CluBeer distribui aos seus associados no mês, conforme o kit contratado. Abaixo, fichas técnicas junto às garrafas complementam a experiência da degustação:

AS CERVEJAS DO MÊS

KIT GAMBRINUS - Nacionais: Suméria Bilbat e Burgman Working Class. Internacionais: Sea Dog Wild Blueberry e Shipyard Export

KIT NINKASI - Super Premium: La Rulles Blond e Evil Twin Ron and the Beast Ryan.

As nacionais

Suméria Bilbat

Microcervejaria nascida em 30 de setembro de 2012, da amizade entre dois grandes amigos - os Marcelos (Bonato e Ribeiro), como são conhecidos - e de estudos aprofundados, a Suméria tem a amizade como principal ingrediente e a alegria como objetivo fundamental. Embora nova, é uma microcervejaria que já surge tradicional. Seus conceitos seguem os fundamentos da Lei da Pureza, a fim de obter sempre uma cerveja de qualidade, baseada nos princípios básicos da bebida (somente água, malte, lúpulo e levedura em sua composição). Adepta ao estilo cigano de produção, essa cervejaria de Santo André (SP) produz as suas receitas em Ribeirão Preto, na Cervejaria Lund, e tem conquistado cada vez mais o mercado nacional cervejeiro. A Bilbat é uma cerveja leve, pura, de aroma fresco, que lembra notas de biscoito, suave adocicado proveniente do malte e de coloração dourada intensa. Tem todo o sabor e equilíbrio de um puro malte, resultado da combinação perfeita de lúpulos selecionados que realçam um suave amargor, uma espuma cremosa e duradoura e boa carbonatação. Refrescante. Quanto ao rótulo, é um capítulo a parte. Caprichoso e delicado, remete à antiga civilização Suméria, que há mais de 6 mil anos já produzia cerveja. Grandiosa como o lugar que leva seu nome, tem a identidade baseada na civilização Suméria (por sinal a mais antiga do mundo): escrita, vestimentas, adornos e arquitetura compõem o rótulo. A mulher que ilustra o tema principal chama-se Ninkasi, deusa da cerveja.

Para harmonizar

A dica é bastante simples, porém não menos saborosa: que tal harmonizar essa cerveja bastante leve e refrescante com uma pizza de margueritta? O manjericão da pizza em casamento com o frescor da cerveja torna uma combinação bastante aromática e complementar. Não tem erro!

Burgman Working Class

Cervejaria localizada em Sorocaba, a Burgman pertence à família Bazzo (tal como a Bamberg e a Dama Bier). Mostra que experiência e qualidade no assunto vêm de família. Com três anos de vida, acrescenta a um dos seus pontos fortes (o chope) a linha de cervejas. A Working Class é o mais novo lançamento da cervejaria, que está chegando em primeira mão para o associado CluBeer. A cervejaria buscou inspiração em uma das mais belas tradições da Escola Inglesa para sua nova criação. Há muitos anos os cervejeiros ingleses produzem receitas para pessoas das classes populares, trabalhadores braçais que após uma árdua jornada de trabalho desejam uma bebida saborosa e revigorante. Foi assim que surgiu a “Working Class Burgman”, uma Oatmeal Stout de corpo leve, suave, coloração escura, por conta da combinação do maltes torrados e que tem como característica marcante a presença da aveia, cereal que a torna mais encorpada e ao mesmo tempo com alta drinkability. É uma cerveja sazonal para os meses de outono e promete aquecer com seu 5,5% de álcool e 30 IBUS. Os aficionados e colecionadores ainda poderão se deleitar com o rótulo especialmente desenvolvido pelo publicitário, artista gráfico e profundo conhecedor de cervejas Bruno Couto, do BLOG Eu Bebo Sim e autor de alguns dos rótulos mais instigantes entre as cervejas artesanais brasileiras, inclusive o rótulo feito para a nossa B-day 2 anos, edição comemorativa de aniversário do CluBeer.

Para harmonizar

A sugestão é a companhia de profiteroles de chocolate. Não abuse muito do prato principal, para que você possa, depois na sobremesa, ter o maior proveito dessa combinação explosiva de chocolate.

As internacionais

Sea Dog Wild Blueberry

Fundada em 1993 na Flórida, a Sea Dog tem conquistado fãs não só por sua qualidade nas receitas mas também pelo seu agradável e carinhoso símbolo, o cachorro que aparece em todos os rótulos da cervejaria. Segundo contam, ele era o mascote do porto das proximidades da Cervejaria. Ali as pessoas iam pescar, por este motivo ele está vestido com capa de chuva. Já a cerveja é um diferencial. Sob o estilo fruit beer, apresenta uma coloração amarelo-claro, que foge à regra tradicional do estilo. De muita carbonatação, corpo médio, é extremamente leve, com delicioso aroma e um súbito sabor frutado de Blueberry, também conhecida como mirtilo e é bastante rica em antioxidantes e ação anti-inflamatória. Essa cerveja de trigo americana leva lúpulos Hallertau e Willamette. Extremamente frutada e refrescante, é uma excelente pedida para aqueles dias de calor ou um delicioso dia beira da piscina ou na praia. Não se engane com o rostinho alegre do mascote, essa cerveja tem forte presença no cenário cervejeiro e já abocanhou medalhas de bronze no Australian International Beer Awards em 2007, 2008 e 2009.

Para harmonizar

Seguindo a linha das sobremesas, para essa leve e refrescante fruit beer nada como uma deliciosa torta de ruibarbo e morango. Um pouco doce, um pouco azedinha, a torta de ruibarbo despertará suas papilas gustativas em conjunto com essa exótica cerveja.

Shipyard Export

Considerada o carro-chefe da cervejaria, a Shipyard Export leva o título de propagar o nome e a qualidade da empresa por todo o mundo. Recentemente chegada ao Brasil, e comemorando seus 20 anos de existência, essa cervejaria de Portland, mais precisamente à margem do rio que também leva o nome da cidade, é a 15ª maior microcervejaria americana. Em 2008, a Shipyard passou a fabricar quase 13 milhões de litros de cerveja, e seus produtos estão disponíveis em 40 estados americanos e fora do país. Já não era sem tempo que ela chegasse ao Brasil para corroborarmos ainda mais esse sucesso. Sob o estilo American Blond Ale, desde 1992, essa cerveja tem um toque de doçura inicial, mas com um súbito e distinto amargor lupulado. De retrogosto muito limpo e tradicional, tem na sua receita os lúpulos Cascade, Willamette e Tettnang. É um estilo múltiplo, que apresenta cervejas intensas, cremosas, com marcante presença de malte, lúpulo e álcool em harmonia. Boa carbonatação, evidencia uma resistente estabilidade de espuma e complexidade aromática.

Para harmonizar

A sugestão é crab cake, que nada mais é do que bolinho de carangueijo. O adocicado da carne de carangueijo em comunhão as notas semelhantes e condimentadas da cerveja leva momentos de pura alegria ao seu paladar. A dica vai em especial também quanto preparo: ao fritá-lo, certifique-se de que ele ficará bem sequinho, para que a gordura não interfira na harmonização.

As Super Premium

La Rulles Blond

A La Rulles orgulhosamente chama seus produtos de “Bière de Gaume”, criando uma procedência instantânea para cervejas surpreendentemente novas. Gaume faz parte da província belga de Luxemburgo, no sudoeste do país, região rochosa que surge ao sul do maciço de Ardenas. Este lugar já teve uma exuberante tradição cervejeira e no final do século 19 já apresentava cerca de 50 cervejarias, a maioria de origem agrícola, com o único objetivo de abastecer a população predominantemente camponesa da redondeza. Dentre todas, a Rulles está à frente. Foi fundada pelo ex-químico Grégory Verhelst. Não nascido na região, ele se casou com uma nativa, e foi em uma antiga fazenda no vilarejo de Rulles que começaria a criar suas receitas, apreciadas até hoje pelo mundo todo. A primeira foi uma blond ale, rejeitando condimentos e optando pelo acondicionamento em garrafas de 750ml. Dourada, com aromas frutados de pêssego e uma pitada de especiarias, tem sabor frutado, com amargor e dulçor balanceados e um final seco. Uma cerveja suave, refrescante e ao mesmo tempo de bastante personalidade, acompanhada por uma bonita e persistente formação de espuma e se equilibrando ao alto teor alcoólico, praticamente imperceptível.

Para harmonizar

Lombo de porco. O adocicado da carne entrelaça ao frutado da cerveja, intensificando o dulçor, além do álcool proeminente cortar a gordura presente nas carnes de porco. Se ficou com preguiça de encarar a cozinha e só quer uma receita, pêssego em caldas com creme de leite. A combinação de pêssegos tanto na comida quanto na bebida intensifica os aromas doces da fruta.

Evil Twin Ron and the Beast Ryan

A Evil Twin é uma cervejaria dinamarquesa que fabrica suas cervejas em várias cidades ao redor do mundo, sendo conhecida pelo conceito de "cervejaria cigana". O proprietário, Jeppe Jarnit-Bjergsø, é irmão gêmeo de Mikkel Borg, da cervejaria Mikkeller. A Evil Twin foi eleita a décima melhor cervejaria do mundo, em ranking divulgado recentemente. É, também, muito bem posicionada entre as europeias. Sob o estilo saison, fabricada na bela ilha de Fano, na costa oeste da Dinamarca, a Ron and the Beast Ryan é uma cerveja de coloração dourado profundo, de boa formação e estabilidade de espuma branca. De corpo médio, bastante carbonatada e levemente turva . No aroma, predominância de frutas cítricas, damascos, leveduras de brettanomyces (levedura que proporciona aromas azedos), mel, em segundo plano, e especiarias condimentadas. Um conjunto bastante harmônico entre o adocicado e o final seco e azedo.

Para harmonizar

Bratwurst. É uma salsicha de origem alemã, composta por carnes suína, bovina e, por vezes, vitela. A palavra brät significava carne cortada em pedaços pequenos, e wurst significa salsicha, tal como hoje. Para um jantar com os amigos, a sugestão é robalo grelhado acompanhado de arroz branco e salada.

Como funciona o CluBeer

  • Os sommeliers elaboram uma curadoria especial de cervejas
  • O interessado escolhe o plano e a duração desejados
  • O CluBeer monta a seleção de cervejas e inclui guias e outros materiais especiais
  • O associado recebe o kit na porta da casa ou onde prefererir*

*Para a cidade de São Paulo, o frete é grátis

Para se associar ou saber mais detalhes, clique neste link

Comment