"Tenho Lambic no sangue"

Lorenzo Dabove é um dos maiores especialistas mundiais nas cervejas belgas ácidas de fermentação espontânea (Foto: Luís Celso Jr.)

Lorenzo Dabove é um dos maiores especialistas mundiais nas cervejas belgas ácidas de fermentação espontânea (Foto: Luís Celso Jr.)

Luís Celso Jr

Blumenau

Uma das últimas palestras do Festival Brasileiro da Cerveja é uma das mais importantes. "Lambic: os segredos da fermentação espontânea". O motivo é o autor. Lorenzo Dabove é nada mais nada menos do que um dos maiores - se não o maior - especialistas mundiais em Lambics, cervejas belgas ácidas de fermentação espontânea.

"Sou doente por Lambic e hoje vou infectar vocês", diz Lorenzo, que lamentou apenas não ter cervejas desse estilo para servir para a plateia. "Talvez se eu me cortar. Afinal, tenho Lambic no sangue". A palestra se seguiu com as explicações básicas sobre o estilo e referências sobre essa cerveja na arte e pinturas europeias.