Retratos do Mondial de La Bière

Foto: Luís Celso Jr. 

Foto: Luís Celso Jr. 

assinatura.png
 

Feliz amargura

O Mondial de vez em quando parece IPA Day. Há várias amargas por aqui. E vários fãs das cervejas amargas. Um dos chopes colocados discretamente no estande da cervejaria mineira Wäls foi o Nióbio, uma Imperial IPA com originalmente 92,9 IBU. Daí saiu o nome, conta o sócio proprietário Tiago Carneiro. Essa é exatamente a massa atômica do elemento químico Nióbio, usado em ligas de aço. É claro, hoje eles já arredondaram para 93 conta Tiago. Mas o nome e a ideia ficaram. Ah, curiosidade: hoje Minas Gerais é o maior produtor de Nióbio do mundo. Adorei o nome. O lançamento está previsto para dezembro.

Novidades

Na foto, algumas novidades do Mondial de La Bière Rio: Insana APA, direto de Palmas, no Sul do Paraná. Uma bela e refrescante cerveja. No quadro 2, Biritis, a cerveja do Mussum, também ótima Vienna Lager. Abaixo, Casa Nova, lançamento da Burgman, de São Paulo. Uma deliciosa e leve Lager, com boa lupulagem cítrica e refrescante. Por fim a canadense Dieu du Ciel Aphrodisiaque, que infelizmente não chega hoje ao Brasil. Deliciosa Stout com Cacau e Baunilha que fez o amigo repórter aqui suar (7, 5% de teor alcoólico que aqueceu pacas neste calorão).

Fotos: Luís Celso Jr. 

Fotos: Luís Celso Jr. 

Percalços

Um lindo sábado de sol e muito calor no Rio de Janeiro fez com que muitas pessoas viessem se refrescar e conhecer mais sobre cervejas no Mondial de La Bière. O resultado é que algumas cervejarias já não têm mais produto para vender e outras estão se esforçando para manter o público atendido. Percalços de um evento que já é sucesso. 

 

Mais opções

Titanic Stout, Timothy Taylor Landlord e Titanic White Star. Novidades da Bier & Wein no Mondial de La Bière. A primeira, uma Stout bastante clássica, a segunda uma bela Pale Ale frutada e bem equilibrada (segundo dizem, a preferida da Madonna), a terceira uma bela novidade frutada, mas com belo amargor e refrescância. E outras importadas também estão fazendo a cabeça dos cervejeiros por aqui. 

Fotos: Luís Celso Jr. 

Fotos: Luís Celso Jr. 

Os vencedores do MBeer Contest Brazil

Confira a lista, com o nome da cervejaria, o nome da cerveja e a cidade.

 

Medalhas de Platina

Colorado: Colorado Ithaca Oak Aged, Ribeirão Preto

Wäls: Wäls Petroleum, Belo Horizonte

 

Medalhas de ouro

Colorado: Colorado Ithaca, Ribeirão Preto

Coruja: Labareda, Porto Alegre

Dortmund: Nostradamus, Amparo

Invicta: Invicta Imperial India Pale Ale, Ribeirão Preto

Noi: Noi Nera, Niterói

Bodebrown: Bodebrown Black Rye IPA, Curitiba

Bodebrown: Bodebrown Hop-Weiss, Curitiba

Bodebrown: Tripel Montfort, Curitiba

Wäls: Stadt Jever, Belo Horizonte

Wäls: Wäls Quadruppel, Belo Horizonte

Wäls: Wäls Trippel, Belo Horizonte

Wäls: Wäls Witte, Belo Horizonte

Bodebrown/Stone Brewing Co.: Cacau IPA , Colaboração Brasil e EUA