Cervejarias

Heineken se desculpa por retrato errado em anúncio

Na foto, em vez do patriarca da sidra, está um religioso que tratava alcoólatras

Na foto, em vez do patriarca da sidra, está um religioso que tratava alcoólatras

Para celebrar a longa história da Bulmers, marca de sidra do grupo, a Heineken esperava imprimir uma fotografia do Reverendo CH Bulmer, que há 120 anos deu a seus filhos o dinheiro para iniciar o negócio. O anúncio foi produzido com a linha: "Esperamos que ele ficasse orgulhoso", ao lado da imagem em preto e branco. Infelizmente para a marca a fotografia não era do reverendo Bulmer. O homem na foto é Hugh Price-Hughes, um clérigo metodista que passou a vida ajudando os alcoólatras. Antes de o erro ter sido descoberto na revista GQ, a Heineken já havia gasto dezenas de milhares de libras em publicidade.

Ministra na Igreja Metodista que é a casa da Missão de West London fundada por Price-Hughes, a Reverenda Val Reid disse à BBC que o erro foi descoberto por um integrante de sua congregação. Ela disse que tentou entrar em contato Heineken, mas sem obter sucesso procurou a autoridade de regulação publicitária, e a Heineken então entrou em contato. A religiosa disse à BBC: "Uma das coisas que Hugh Price-Hughes estava interessado ao fundar a Missão era seu trabalho com algumas das pessoas mais pobres. Estávamos muito preocupados que sua imagem estava sendo usada para promover a cidra". Ela acrescentou: "Eles (a Heineken) têm sido extraordinariamente atenciosos em resolver isso. Tiraram todos os anúncios de imediato". Já a Heineken se declarou "totalmente sentida pelo sofrimento causado" e prometeu uma doação para a igreja onde o preço Price-Hughes foi ministro nos anos 1870.