TremBier tem concurso de cerveja artesanal


Festival ocorre na praça, em Tiradentes (MG), no feriadão de 1º de maio

O empresário e chef de cozinha Luiz César Costa é o idealizador do O TremBier (Foto: Divulgacão)

O empresário e chef de cozinha Luiz César Costa é o idealizador do O TremBier (Foto: Divulgacão)

Com novidades, a terceira edição do TremBier Festival de Cervejas Artesanais de Tiradentes (MG) ocorre entre 28 de abril e 1º de maio, no Largo das Forras, no Centro. Entre as inovações de 2016 está o Primeiro Concurso de Cerveja Artesanal de Tiradentes. Nele, as três cervejas melhor avaliadas serão premiadas com medalhas, que poderão ser usadas em seus rótulos, além de hospedagem em hotéis de Tiradentes e vale-compras na Casa OLEC, de Belo Horizonte.

Luiz César Costa, idealizador e organizador do TremBier, explica:

“A intenção é que este seja um incentivo para os chamados ‘cervejeiros de panela’, para o reconhecimento de seus produtos e ampliação de suas marcas.”

Outra novidade é o Concurso de Bandas, que irá eleger as duas melhores para se apresentarem durante o evento. Para se inscreverem, elas enviarão vídeos que, após uma pré-seleção, poderão ser publicados na fanpage do TremBier para concorrer às premiações. As duas eleitas terão, cada uma, ajuda de custo de R$ 1 mil e bônus de R$ 500 em crédito para ser consumido nas cervejarias participantes.

O organizador ainda conta que enquanto na primeira edição, em 2012, participaram seis cervejarias com 39 rótulos, este ano são aguardadas 41 e mais de 180 rótulos de cervejas e chopes.

“Nossas expectativas são as melhores possíveis. Serão quatro dias regados a cerveja de qualidade, música boa e gastronomia”.

Horário de funcionamento das cervejarias no Largo das Forras

28 e 29/4: 17h à 0h
30/4: 12h à 1h
1º/5: 11h às 17h

O evento dedicado às cervejas artesanais surgiu em 2012, idealizado pelo empresário e chef de cozinha Luiz César Costa. Batizado em homenagem à Maria Fumaça e ao jeito mineiro de falar, o TremBier atraiu cerca de 7 mil pessoas e a expectativa é que, este ano, o número seja superado e alcance 10 mil visitantes.

O acesso ao evento, na praça, é gratuito, com exceção das palestras, cursos e circuito gastronômico, que têm custo à parte.